Blue balls: você sabe o que é isso?

“Blue balls” é o nome dado a uma condição dos testículos. Vem ver com a gente o que causa esse problema e como.

Blue balls: você sabe o que é isso?

Blue balls é um problema bastante comum, principalmente entre os adolescentes. Trata-se de uma dor nos testículos causada pela longa ereção sem ejaculação. Desse modo, a região fica muito sensível só com estímulos, sem finalmente chegar ao orgasmo.

Em muitos casos essa condição é temporária, ou seja, a dor se vai depois de um tempo. Tudo fica normalizado e bola pra frente. No entanto, alguns casos podem ser diferentes. O homem sofre por mais tempo e é nesse momento que um médico precisa ser procurado.

Diante disso, decidimos trazer algumas informações sobre blue balls. Vem com a gente para ficar por dentro.

O que são as “blue balls”?

Blue balls, condição também conhecida como “bolas azuis” ou “torcibolas” são basicamente dores nos testículos. Geralmente a causa é uma ereção prolongada. Embora os nomes mais comuns sejam esses, o problema em si se chama hipertensão epididimal.

Nesse caso, os homens sentem uma forte dor nos testículos depois de ficar muito tempo excitados, mas sem ejacular. Essa dor ainda pode vir acompanhada de uma sensação de peso na região, ou seja, causando mais desconforto ainda.

Quando é passageira, isolada e suportável, não é preciso procurar por ajuda médica. Mas se durar muito tempo e se intensificar até ficar insuportável, o correto é buscar um profissional.

O que causa as “blue balls”?

De acordo com Yuri Lobato, andrologista e urologista, esse problema é um pouco mais intenso do que parece. O distúrbio é causado pela congestão da próstata ou pela vasocongestão. Ou seja, é uma condição muitas vezes temporária, na qual ocorre o acúmulo de fluido na região dos testículos e próstata.

No entanto, essa dor pode se irradiar para outras partes do corpo. Assim, pode causar desconforto nas costas e até na cabeça. Ainda de acordo com o profissional, quando essa dor é causada pelo acúmulo do esperma, a ejaculação pode amenizá-lo.

Se mesmo assim a dor não for aliviado após o gozo, o paciente precisará fazer uso de algum analgésico. O médico então precisará ser consultado, como falamos acima.

Outras condições que podem causar dor nos testículos

Além das “blue balls”, existem outras condições que causam dor nos testículos. As mais comuns são:

1. Litíase renal

Esse é o nome dado ao conhecido “cálculo renal” ou “pedra nos rins”. Muitas pessoas não sabem, mas esse problema pode causar dor nos testículos. Quando o organismo está expulsando o corpo estranho, vários locais doem. De acordo com Yuri Lobato, é bem comum esse desconforto.

2. Torção

Torção testicular é bem incomum, mas pode acontecer e ser bem prejudicial ao bem-estar. De acordo com o profissional, esse fenômeno ocorre quando há uma rotação nos testículos. Portanto, o cordão que fornece sangue para o saco escrotal é comprometido.

Geralmente isso acontece após atividades intensas. Mas também pode ter como origem pequenas lesões na região ou acontecer durante o sono. Outro fator de risco são pessoas que tiveram má formação do órgão. Além da intensa dor, os testículos ficam inchados. Em alguns casos, é preciso retirar o testículo comprometido.

3. Tumor

Segundo o profissional, o câncer testicular pode causar dor. Mas tumores nessa região são bem raros, correspondendo a 5% total de casos de doenças entre homens. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, quando detectado precocemente, o índice de cura é bem alto. Consequentemente o risco de mortalidade é bem baixo.

4. Doenças inflamatórias

A dor na região pode ser decorrente de doenças inflamatórias, como orquite, por exemplo. Além disso, existem também a epididimite, inflamação do epodídimo, que é uma estrutura localizada no interior dos testículos. Traumatismo pode ser a causa, assim como bactérias e vírus.

Além disso, a caxumba, quando adquirida na puberdade, pode resultar nessas dores também. Outro fator de risco são as Infecções Sexualmente Transmissíveis, como gonorreia e clamídia.

Fontes: ; ;

Recomendados para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.